Aparte
De olho num “mandato compartilhado”, Dr. Emerson vai do Cidadania pro PSB, visto como “melhor caminho”

Emerson Ferreira: “Nosso grupo concordou que o melhor caminho era o PSB”

De acordo com o médico e ex-vereador de Aracaju Emerson Ferreira, o Dr Emerson, sua decisão de deixar o Cidadania, confirmada nesta segunda-feira, 26 de julho, deu-se por acreditar que terá mais condições de colocar em prática sua proposta de mandato compartilhado em seu novo partido, o PSB, presidido em Sergipe pelo ex-deputado federal Valadares Filho.

“Após o segundo turno das eleições, conversei com a direção do Cidadania e encaminhei um documento solicitando o afastamento da Presidência, mas continuei filiado. Antes da minha decisão, comuniquei à equipe diretiva meu desejo e boa parte deles decidiu me acompanhar”, disse Emerson.

“Neste espaço de tempo, busquei na literatura respostas para essa minha percepção de que não poderíamos continuar caminhando na política na perspectiva de ser mais do mesmo. Procurei então algo inovador e comecei a ler e discutir sobre o mandato compartilhado”, reforça Emerson. 

De acordo com ele, com a ideia firmada e a criação de um regimento elaborado de forma conjunta, esse grupo de trabalho começou a discutir qual partido poderia abraçar a iniciativa do mandato compartilhado.

“Entendemos que para o desenvolvimento da nossa ideia o PSB era uma opção mais viável do que o Cidadania. Ligamos para o ex-deputado Valadares Filho, que já havia entrado em contato comigo quando deixei a direção do Cidadania e se colocado à disposição para que pudéssemos dialogar, e iniciamos as conversas acerca do mandato compartilhado e se o partido estaria apto para receber essa proposta”, disse Emerson. 

“A ideia foi aceita pelo PSB e tivemos mais algumas conversas com o partido, inclusive com a presença de pessoas de alguns municípios sergipanos. Depois de todo esse debate, por unanimidade, nosso grupo concordou que o melhor caminho era o PSB. Então, saí do Cidadania sem nenhum problema pessoal ou divergência com qualquer parlamentar. Nossa motivação agora é o movimento mandato compartilhado e estamos nos afastando sem nenhum desgaste, como sempre fiz e continuarei fazendo”, afirma Emerson.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.