Aparte
“Estamos comprometidos em fazer uma gestão plural”, garante futuro presidente do Creci-SE

Sérgio Sobral: “Tudo o que realizamos fez o Creci de Sergipe virar referência no país”

Os corretores de imóveis foram às urnas na última semana e elegeram a “Chapa 2 - Creci para Todos” para o comando da Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Sergipe - Creci/SE.

Com 884 votos contra 412, a chapa vencedora foi encabeçada por André Cardoso, corretor e perito, que já foi vice-presidente do Conselho. À Coluna Aparte, André falou sobre o sentimento de gratidão com a vitória.

“Após cerca de duas décadas com um mesmo presidente e praticamente o mesmo grupo, o Creci Sergipe agora pode contar com uma  renovação. Renovação de ideias, de projetos e de gestão. Estou sentindo uma alegria imensurável de ver que nossa categoria exerceu a democracia em sua plenitude”, afirma André.

Segundo ele, o mote de campanha - de trabalhar por uma gestão participativa, descentralizada e mais transparente, com foco nos anseios do corretor de imóveis -, será seguido.

“Estamos comprometidos em fazer uma gestão plural, na qual todo e qualquer corretor tenha voz e participe ativamente das decisões que dizem respeito a nossa classe”, ressalta.

André reconhece todas as boas ações feitas ao longo dos últimos anos pela atual gestão e garante que o que for bom será mantido e aprimorado.

“Inclusive, os integrantes da chapa estão cientes de que todos devem se manter atualizados e ativos para que o Creci seja verdadeiramente a Casa do Corretor”, destaca. 

Sérgio Sobral, o atual presidente e quem encabeça a chapa adversária, concorda que o caminho é exatamente esse. “Eram duas chapas, uma venceria e a outra não. Democracia, duas chapas, uma ganha e outra perde. Até 31 de dezembro assume a nova. O nosso grupo fez um trabalho importante, dando uma excelente contribuição aos corretores, ao Conselho e ao mercado. Agora é a vez dessa nova geração dar a contribuição dela”, analisa. 

Pois é: Sérgio encerra o mandato no dia 31 de dezembro deste ano, quando os novos conselheiros assumirão e empossarão a nova Diretoria. Mandato este que ele considera ter realizado grandes feitos em prol da categoria. 

“Tudo o que realizamos fez o Creci de Sergipe virar referência no país. Então, encerro esse ciclo com muita satisfação e a sensação do dever cumprido”, assegura Sérgio, acrescentando que segue atuando no segmento, como corretor e empresário. 

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.