Aparte
Laboratório com municípios de até 30 mil habitantes

Clovis Barbosa: situação triste e saída com apoio da UFS

E vem desta constatação de Clovis a mobilidade que o TCE faz para ajudar os novos gestores municipais, uma vez que a constatação da Firjan é sobre os que administraram até 2016. “Nós estamos num esforço muito grande junto aos novos prefeitos, que não são ainda viciados, que querem mostrar alguma coisa e que querem acertar. Estamos numa parceria muito grande com eles. O que a gente tem que fazer é debater, discutir e procurar melhorar este quadro”, diz Clovis. O TCE está partindo para ações práticas e que possam gerar resultados. Este debate assume, inclusive, um viés acadêmico. Segundo Clovis, o TCE e a Universidade Federal de Sergipe estão fazendo uma parceria para montar um laboratório que treine e prepare quadros municipais, incluindo os gestores diretos. “Este laboratório vai contemplar municípios com até 30 mil habitantes, porque os de população acima disso têm condições de contratar assessorias próprias. Esse será um esforço nosso para ajudar as administrações municipais”, diz.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.