Aparte
“Não estamos em palanque eleitoral. Estamos em cooperação institucional”, diz ministro em Sergipe 

João Roma: “Assistência social não pode ser bandeira de um partido e sim conquista da sociedade”

O ministro da Cidadania do Brasil, João Roma, esteve em Sergipe na manhã desta segunda-feira para a ação “Isso é Cidadania”, que destinou cestas básicas para comunidades quilombolas, além de recursos para outros projetos e também um veículo para o município de Lagarto.

O discurso do ministro João Roma ganhou um tom político desde o início, quando ele agradeceu aos deputados federais sergipanos por estarem colaborando com pautas importantes, porque, para ele, “presidente não governa sem os deputados federais, assim como o prefeito sem os vereadores”.

“Ano que vem, cada um pegue sua bandeira. Mas, agora, a gente tem que ajustar questões menores e lutar, porque o povo quer providências, quer superar essa pandemia, retomar e andar com as próprias pernas, dando orgulho ao Brasil. Não estamos em palanque eleitoral. Estamos em cooperação institucional”, afirmou o ministro. 

Segundo João Roma, a intenção do Governo Federal é oferecer trilhas de emancipação para que as possam transformar suas realidades, conquistar um espaço com mais dignidade na sociedade e mais qualidade de vida.

“É o que estamos imbuídos em fazer, inclusive hoje, aqui em Sergipe. Porque a assistência social não pode ser bandeira de um partido e sim conquista da sociedade. Foi com esse espírito que vim e virei quantas vezes forem necessárias, especialmente nesse momento de agir para ajudar milhões de brasileiros”, ressaltou João Roma. 

Foto: Jamisson Souza

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.