Aparte
Opinião - Eduardo Amorim não soube diagnosticar o padecimento de Sergipe

[*] Wellington Paixão

Inodoro. É assim que sinto o ex-senador Eduardo Amorim, como todo o meu respeito. 

Ele poderia até, e a população de Sergipe outro dia lhe apontou fortemente assim, ser uma opção de saída da grave crise generalizada e sistemática que lhe afeta. 

Mas, embora bom médico, Eduardo Amorim não soube diagnosticar o padecimento do Estado. Ele buscou o caminho da sombra.

Ele buscou o caminho de um comportamento indiferente, frio, distante dos nossos já exaustos padecimentos políticos e sociais.

Faltou ao então senador Eduardo Amorim sensibilidade para buscar um olhar clínico, para aviar as receitas corretas e esperadas.

Deixou-se levar pela mesmice gélida de conceitos vencidos... E deu no que aí está.

[*] É advogado ex-prefeito de Aracaju.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.