Aparte
Alessandro Vieira pede à CPI que envie ao STF fake news encampada por Bolsonaro que liga vacina contra Covid à Aids

Alessandro Vieira: "Como cobrar do cidadão cumprimento das determinações legais se o presidente não o faz?"

A reprodução por Jair Bolsonaro de uma gravíssima fake news que circula pela internet, associando a vacinação da Covid à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida - Aids - imediatamente desmentida pelos grupos de checagem de fatos e por cientistas - levou o senador Alessandro Vieira a pedir, em requerimento, que a CPI da Covid delibere enviar o inteiro teor dos fatos ao conhecimento do ministro Alexandre de Moraes, do STF, incluindo-a no Inquérito das Fake News, para avaliar a "conduta potencialmente criminosa" do presidente da República. 

A publicação, falsamente atribuída ao Departamento de Saúde e Assistência Social do Reino Unido, foi mencionada pelo presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal, lendo um pedaço de papel. "Como cobrar do cidadão comum o indispensável  cumprimento das determinações legais se o presidente não o faz?", questiona o senador em seu requerimento.

"A consequência, como sabemos, é o aumento do número de infectados, doentes e mortos", segue. Não fosse presidente, diz o requerimento, "a persistência do cometimento de infrações penais, já seria suficiente para "decretar sua prisão preventiva",  completa Alessandro Vieira.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.