Aparte
João Marcelo: “Rogério Carvalho é um escudeiro fiel de Lula e o sergipano é um lulista apaixonado”

João Marcelo: retribuição de gestos que vêm de Dores

Atenção com atenção se paga. É partindo desse princípio que o deputado estadual João Marcelo Leite já definiu com que candidato ao Governo de Sergipe ele vai marchar nas eleições deste ano: será com Rogério Carvalho, do PT.

“Eu me acostumei a disputar eleições no âmbito de Dores, que é a base política que a gente tem, Rogério Carvalho foi extremamente importante ali e eu sou extremamente grato a isso pela ação dele na definição da chapa nas eleições passadas. Alguns partidos não queriam que a gente indicasse um nome e aí Rogério assumiu nossa defesa”, justifica João Marcelo.

“Pra mim é preciso ter um gesto de gratidão. E eu estou tendo”, reforça. Mas, para além da gratidão, o deputado identifica possibilidades reais no projeto eleitoral do senador Rogério Carvalho na disputa pelo Governo.

“Eu acho que Rogério Carvalho tem flutuado bem no cenário político de Sergipe. Ele é um escudeiro fiel de Lula e a gente sabe que o sergipano é um lulista apaixonado”, diz o parlamentar. 

Veja o resultado de uma breve conversa entre o deputado João Marcelo Leite e a Coluna Aparte nesta segunda-feira, 17.

Aparte - Por que que o senhor votará em Rogério Carvalho ao Governo do Estado?
João Marcelo Leite -
Eu me acostumei a disputar as eleições no âmbito municipal de Nossa Senhora das Dores, que é a base política que a gente tem, Rogério Carvalho foi extremamente importante ali e eu sou extremamente grato a isso pela ação dele na definição da chapa nas eleições passadas. Foi um gesto que ele fez, nos indicando a participar da chapa majoritária e nos apoiando nela, quando havia muita divergência. Alguns partidos não queriam que a gente indicasse um nome e aí Rogério Carvalho assumiu nossa defesa.

Aparte - E a candidata a vice-prefeita terminou sendo sua mãe.
JMML -
Sim. O candidato a prefeito foi o Doutor Tiago Souza, pela reeleição, e a vice foi minha mãe, Carmen Lúcia Leite, a Doutora Carmen médica. Ali, Rogério foi solidário e se comprometeu a nos apoiar do começo ao final, e exatamente isso que foi feito. E ele ficou bastante entusiasmado com essa decisão de terem aceitado a minha mãe na chapa e pra mim é preciso ter um gesto de gratidão. E eu estou tendo.

Aparte - Ele tem interlocução com seu mandato de deputado estadual?
JMML –
Tem. O Rogério vem desde a eleição municipal se aproximando da gente, do nosso mandato, revisando os nossos posicionamentos, a nossa atuação na Assembleia Legislativa, as discussões, e a gente vendo o que é mais interessante. Para mim, isso é extremamente importante, porque começo a me acostumar com um novo tipo de política, tendo uma pessoa para discuti-la num nível que eu discuto com Rogério Carvalho.

Aparte - Como o senhor vê as perspectivas eleitorais dele? Qual é a sua visão?
JMML -
Eu acho que Rogério Carvalho tem flutuado bem no cenário político de Sergipe. Ele é um escudeiro fiel de Lula e a gente sabe que o sergipano é um lulista apaixonado. A candidatura de Lula muito provavelmente vai decolar e eu acredito bastante que a candidatura de Rogério decola junto.

Aparte - O senhor acha que a dupla pai e filho Gilberto Santos e Thiago Souza estará em seu apoio?
JMML -
Eu tenho certeza disso. Doutor Gilberto tem me acompanhado em todas as decisões, em todas as discussões políticas, muito também por causa da junção que a gente teve a nível municipal. A gente permanece com o grupo unido em Nossa Senhora das Dores para que dispute bem as próximas eleições juntos. É claro que política tem algumas mudanças, mas eu não tenho sentido a possibilidade de mudança dessa junção com Gilberto e Thiago. Nós estamos juntos e é provável que a gente assim fique pra disputar essas eleições, a próxima e as próximas.

Aparte - O senhor vê Thiago como candidato em 2024? 
JMML -
Eu não sei ainda. Thiago vem de uma eleição tensa agora em 2020, que foi desgastante para todos nós. Mas ele é extremamente inteligente, é empresário, é médico, e se organiza de outra forma, mas que tem espaço pra gente discutir política sim. Tem espaço para diálogo com o pai dele, que é um grande líder político da cidade de Dores. O nosso grupo tem ouvido bastante do agrupamento de doutor Thiago. Ali há espaço para discutir política futura e se ele quiser utilizar desse espaço com certeza vai discutir com a gente, não tem problema nenhum.

Foto: Joel Luiz

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.