Aparte
Fábio Henrique quer regularizar a situação das queijarias sergipanas

Fábio Henrique: formas de facilitar o crédito

As pequenas queijarias do sertão sergipano estão sem conseguir legalizar suas empresas para atender às novas exigências sanitárias. Na última segunda-feira, 26, o deputado federal Fábio Henrique, PDT, conseguiu articular uma reunião entre os donos das pequenas queijarias, a Secretaria de Agricultura de Glória e técnicos do Banco do Nordeste, na sede da Associação das Queijarias de Sergipe, em Nossa Senhora da Glória. 

Um dos principais problemas para os pequenos empresários é a falta de crédito bancário para ampliar e modernizar as queijarias. "Os pequenos queijeiros querem regular suas empresas, mas para isso precisam de recursos financeiros e estamos procurando instituições bancárias e formas de facilitar o crédito para eles. São empresas que fazem circular a economia na região e geram centenas de empregos”, destacou o deputado Fábio Henrique.

A fabricação de queijos é uma atividade que abrange os municípios de Nossa Senhora da Glória, Gararu, Feira Nova, Porto da Folha, Poço Redondo, Monte Alegre, entre outros. “O que não pode acontecer mais é desses pequenos empresários serem tratados como foram anteriormente nas fiscalizações: com ações policiais e uso de forças armadas, como se fossem bandidos. Eles são trabalhadores, geram empregos, renda e promovem o desenvolvimento no sertão sergipano", defendeu o deputado. 

Fábio Henrique lembrou que essas pequenas queijarias são responsáveis pela compra de 600 mil litros de leite por dia dos produtores rurais, fazendo com que o dinheiro circule em uma região que passa por muitas dificuldades. De acordo com a Secretaria de Agricultura de Nossa Senhora da Glória, o município possui 264 pequenas queijarias e são mais de 400 em toda a região.

O gerente Edson Luis e a equipe técnica do Banco do Nordeste em Glória explicaram às exigências da legislação para que essas pequenas queijarias tenham acesso a crédito bancário. Eles representaram o superintendente Antônio César de Santana e se comprometeram em estudar os casos e tentar encontrar soluções.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.