Aparte
Rodrigo Valadares: “Queremos fazer do PTB o maior partido de direita da América Latina”

Rodrigo Valadares: “Somos a casa do conservador brasileiro”

Com a prisão e, mais recentemente, o licenciamento do agora ex-presidente do PTB, Roberto Jefferson, Graciela Nienov assumiu o comando da sigla nacionalmente e será a responsável - na verdade, já o era desde a prisão dele, em 13 de agosto deste ano -, por dar continuidade aos trabalhos do partido. 

Secretário-geral nacional da sigla, o deputado sergipano Rodrigo Valadares tem participado ativamente desse processo. “Estamos dando continuidade ao que o líder maior, Roberto Jeferson, escolheu e pensou para o partido”, diz Rodrigo.

“Claro que com a participação de todos os membros da Executiva. Nossa última eleição foi por unanimidade, por isso falo em processo de continuidade”, explica Rodrigo.

À Coluna Aparte, ele disse que o PTB em Sergipe está “100% alinhado” com Graciela e com Roberto Jefferson, que, na opinião do deputado, sofre uma prisão “arbitrária e inconstitucional”. “Ela está tocando o partido com muita firmeza e força, dando um show”, avalia Rodrigo Valadares. 

O parlamentar acredita que esse novo momento será de crescimento para o partido, de fortalecimento das bases e de ampliação das bancadas na Câmara Federal e nos Estados. 

“Sergipe tem a honra de estar na Executiva Nacional. Eu sou o secretário-geral nacional, que é a terceira função mais importante da sigla, então o Estado está muito contemplado, e a gente tem plena convicção de que com ela à frente o partido terá um momento de crescimento”, ressalta.

Nesse sentido, a prioridade do PTB para 2022, como a de todo partido, será a de eleger uma bancada robusta para a Câmara Federal. Mas não apenas. “O PTB vai além disso. Somos a casa do conservador brasileiro. Do eleitor e do político de direita. Queremos fazer o maior partido de direita da América Latina”, afirma.

“Esse é o nosso foco, nosso objetivo, além de eleger uma bancada. O partido se prepara para eleger entre 25 e 30 federais, e a gente tem certeza de que será o partido com maior identidade ideológica conservadora no Brasil e na América Latina”, reforça o deputado. 

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.