Aparte
Professor Bittencourt acha que Ângela Melo agrediu “compromisso de natureza ética” com a fake news

Professor Bittencourt: “Reproduzir fake news nas redes sociais é crime”

Na manhã da última terça-feira, 19, após uma decisão judicial que determinou que as famílias das Ocupações Marielle Franco, Terra Santa e Brisa Mar desocupassem o terreno do clube da antiga Telergipe, a Prefeitura de Aracaju, juntamente com equipes da Secretaria Municipal da Assistência Social, prestou todo o suporte necessário às famílias.

A ação foi realizada de forma pacífica e coube à Prefeitura de Aracaju prestar toda a assistência, orientação e direcionamento das famílias às suas casas, tendo em vista que a Assistência Social do município identificou, previamente, que os ocupantes da área possuíam endereço fixo.

Tendo em vista o acontecimento, ainda na terça a vereadora Ângela Melo, filiada ao PT, disseminou em suas redes sociais uma fake news informando que a Prefeitura de Aracaju tinha feito uma reintegração de posse em um terreno na zona de Expansão de Aracaju mostrando toda a sua “falta de humanidade e de solidariedade”.

O vereador e líder da bancada de situação na Câmara Municipal de Aracaju, Professor Bittencourt, PCdoB, foi mais um a sustentar que ação de Ângela não corresponde à verdade. “A vereadora sabe qual é a verdade e propaga a distribuição de informações que não correspondem à verdade. Quando você sabe o que é a verdade e distribui aquilo que não é a verdade, você está mentindo e mentira difundida a partir de veículos de comunicação e mídias sociais é fake news. E fake news é crime”, destacou.

Professor Bittencourt lamentou profundamente a atitude da colega. “Ela diz que foi uma ação da Prefeitura e objetivamente não foi uma ação da prefeitura. Diz respeito a um terreno de propriedade particular e os proprietários acionaram a justiça. A justiça decretou a reintegração de posse e determinou a presença da Prefeitura, em especial a equipe da Assistência Social, para fazer os cadastros e ver as possibilidades de amparar no que fosse possível. Portanto, o que a vereadora diz e depois é reproduzido nas redes sociais é fake news, e fake news é crime”, insiste ele.

“Tenho um respeito grande pela parlamentar, mas o que ela fez foi reproduzir mentiras sabendo o que é a verdade. Se ela faz isso, ela não está equivocada. Ela não foi levada ao erro. Ela está reproduzindo o que não é a verdade e via instrumentos de comunicação. Para nós, em especial do campo da esquerda, combater fake news é uma obrigação mais do que legal. É um compromisso de natureza ética”, destacou Professor Bittencourt.

Foto: Jadilson Simões

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.