Aparte
Luís Alberto Meneses é o novo conselheiro do Tribunal de Contas Sergipe 

Solenidade ocorreu na manhã desta quinta-feira, 28

Em sessão solene nesta quinta-feira, 4, o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe - TCE/SE - empossou o procurador-geral Luís Alberto Meneses como conselheiro da Corte. 

Conduzido pelo decano Carlos Pinna, Alberto Meneses fez o juramento perante os demais conselheiros e falou da satisfação de compor o colegiado do TCE, órgão essencial para a saúde da boa gestão dos recursos públicos. 

“Ingresso com o firme propósito de continuar aprendendo e colaborar com o controle externo. De certa forma, hoje completo um ciclo já que entrei no Tribunal na área técnica, depois ingressei no Ministério Público de Contas e agora tomo posse no cargo de conselheiro - são três carreiras que desempenho no âmbito do controle externo”, reiterou.

O conselheiro-presidente Luiz Augusto Ribeiro afirmou que a presença de Meneses agregará valor aos julgamentos pelas funções de auditoria ministerial e agora de julgamento que ele já desempenhou. 

“Proporcionará valoração à análise dos processos e dos pareceres dos conselheiros. É oportuno relembrar que os TCEs são instituições que defendem o patrimônio público, que apesar de ser de todos, não é coisa sem dono. Por isso esse aparato controlador ganha um quadro importante com capacidade técnica essencial”, considerou. 

Para Luiz Augusto Ribeiro, “o controle público tem muito a comemorar com o ingresso de Luís Menezes no colegiado”. “Que sigamos firmes no exercício do controle externo da administração sergipana. Para isso, desejo uma profícua atuação no desempenho da função judicante”, ressalta Luiz Augusto Ribeiro.  

Natural de Aracaju, formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA -, Luís Alberto Meneses foi professor da UFS e da Unit. Ingressou no serviço público pelo TCE, em 1996, assumindo concurso no órgão em 97; em seguida, tomou posse como de auditor no INSS. 

Formou-se em Direito em 2001 e no ano seguinte ingressou no Ministério Público de Contas, onde, em 2020, assumiu como procurador-geral. A sessão de posse dele contou com a presença do governador Belivaldo Chagas; do presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo; do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, e outras autoridades.

Luís Alberto sucede o conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza, assumindo, portanto, a segunda vaga a ser preenchida com a indicação do governador e aprovação da Alese, após escolha de lista tríplice composta pelos também procuradores João Augusto Bandeira de Mello e Eduardo Santos Rollemberg Côrtes. 

Foto: Jamisson Souza 

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.