Aparte
Decisão judicial em Ribeirópolis

Prefeito de Ribeirópolis, Antônio Passos, terá de pagar direito da categoria

A Justiça obrigou a Prefeitura de Ribeirópolis a pagar aos servidores municipais que trabalham com limpeza pública o adicional de insalubridade na própria folha de pagamento. A decisão judicial estimou o valor do adicional em seu grau máximo, que corresponde a 40% calculado sobre o salário base do trabalhador e tem caráter retroativo. A ação civil pública foi ajuizada pelo Sintrase em parceria com o Sintserv.