Aparte
Misael quer representar Estância na Alese

Misael Dantas e seus dois apoiadores

A disposição de Estância para preencher na Assembleia Legislativa ano que vem a vaga deixada por Gilson Andrade vai além da candidatura da vice-prefeita Adriana Leite. O vereador Misael Dantas, PSC, está trabalhando para também se viabilizar. Ele está no segundo mandato, preside o PSC do município, é evangélico, tem apoio de igrejas e é muito ligado ao senador Eduardo Amorim e ao deputado federal André Moura. “Eu sou da Igreja Batista e tenho cinco ou seis igrejas que me apoiam. Sou muito próximo do senador e do deputado, e eles entendem que podem lançar meu nome. O senador Eduardo Amorim e André Moura me deram muito mais força do que eu mesmo. Represento eles na região. Eles tem me apoiado, respaldado e manifestado confiabilidade. Para onde eles vão no Estado, me levam. Na campanha, quando eles não podiam vir ao centro-sul, eu os representava nos comícios e até discursava em nome deles”, diz Misael. O vereador e pré-candidato a deputado não vê problema em duas candidaturas competitivas a partir de Estância. “Estância tem 46 mil eleitores. Estanciano pode votar no estanciano. E todos me ajudam na região centro-sul”, diz.