Aparte
Professor cria e toca Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome

Carlos Neanes: “A cada 10 cestas a Fasouto entra com aquela doação de mais uma”

Quando não sempre, pelo menos nos instantes de crise e de emergência é preciso estender a mão para alguém e promover ajudas reais e tangíveis, como as que matam a fome.

E é exatamente isso o que vem fazendo o odontólogo e professor da Universidade Federal de Sergipe Carlos Neanes Santos neste instante de pandemia de coronavírus, no qual são muitas as pessoas alcançadas pela carência alimentar.  

Com a absoluta intenção de ajudar, o professor Carlos Neanes criou e comanda há exatamente um mês a “Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome”.

A “Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome” não guarda muito segredo e o alvo dela é levantar alimentos, compor cestas básicas e repassar para as famílias que estão precisando de algo para comer nesta hora. Os atendidos podem ser pessoas em situação de abrigos.

“Eu comecei a campanha, que estará no ar por dois meses - ela foi iniciada no dia 10 de maio e vai até o dia 10 de julho -, pedi ajuda aos meus colega da Odontologia da UFS e à própria universidade. Eu criei a logomarca, tive a ideia do Instagram, dos vídeos, fiz umas camisas, as pessoas as vestiram e começaram a divulgar os vídeos”, relembra Carlos Neanes. Para toda essa ação, Neanes conta com uma série de apoios logísticos de amigos, como o que recebe do advogado Sílvio Bastos.

Neanes, de 58 anos, é professor das disciplinas Oclusão e Prótese da UFS e já conseguiu até o dia 31 de maio 226 cestas básicas. “O nosso teto é o de obter 500 cestas para 500 famílias. Sei que hoje aquelas 226 cestas já são bem mais. Mas só dia no 30 de junho faremos o segundo balanço e no dia 10 de julho a gente encerra”, diz ele.

Para tocar a “Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome”, o professor Carlos Neanes foi buscar uma parceria de expertise na Empresa Fasouto, do setor de suprimentos e alimentos, e comandada pelo empresário Juliano Cesar Souto.

E deu muito certo na logística e também na ampliação dos resultados, com a Fasouto concedendo mais uma nova cesta básica a cada 10 obtidas pela Campanha. “Nós não tínhamos CNPJ, o banco precisava disso e aí a Fasouto providencialmente nos cedeu uma conta e nos ajuda”, revela Carlos Neanes.

“Eu conheço o empresário Juliano Cesar Souto desde quando fomos colegas no Colégio Salvador, sabemos do quanto ele é participativo e do quanto comanda uma empresa séria. Ele já havia feito uma outra campanha. Mas essa conta é exclusiva da nossa “Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome”, diz Neanes.

“O Juliano Cesar me passa a relação com todas as contribuições completas, com os devidos nomes de cada pessoa e mais: a cada 10 cestas a empresa Fasouto entra com aquela doação de mais uma. Foi esse o trato e ele tem cumprido. A cesta básica deles é R$ 47 e eu aumentei. Botei sardinha e tempero, e aí ficou com 13 itens e um pouquinho acima desse valor. É uma coisa séria”, diz o odontólogo Carlos Neanes.

Quem quiser colaborar com a “Campanha Vidas Importam - Todos Juntos Contra a Fome” pode fazê-lo via depósito de R$ 51,90, que é o valor da cesta, na conta reservada a ela - Bradesco, cujo número da instituição bancária é 237, agência número 3262 e conta 0113920-7. Se quiser ir via Pix, a chave é coordenacao.financeiro@fasouto.com.br.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.