Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 39 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração / Tanuza Oliveira.

Fábio Mitidieri: “Acho que Danusa Silva seria um grande nome para candidata a vice-governadora”
Compartilhar

Fábio Mitidieri: reconhecimento ao papel de Edvaldo e acenos a Danusa Silva para vice

Passados os impactos da festa de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Fábio Mitidieri, PSD, ao Governo do Estado de Sergipe, permanece a sensação de que o fato mais suntuoso da noite - além do ato em si, tido como surpreendente - foi o discurso do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, PDT, garantindo alinhamento ao projeto sem desvios ou aresta.

Para Fábio Mitidieri, a atitude de Nogueira não lhe soou como uma surpresa, mas não nega que muito lhe alentou. “Na verdade, eu esperava aquela posição dele, porque conversamos todos os dias. O prefeito Edvaldo Nogueira produziu uma fala muito emocionante naquela noite e fiquei muito feliz com o gesto dele”, disse Fábio Mitidieri à Coluna Aparte na manhã desta terça, 24, já em Brasília, e ainda sob ressaca do evento.

“Ali naquele pronunciamento de Edvaldo ficou muito clara a preocupação que ele tem com o Estado de Sergipe e com a cidade de Aracaju. Ele foi objetivo em pensar que se deva entregar Sergipe ao comando de uma pessoa que seja preparada, competente, e por ver isso em mim, um jovem que tem a coragem de fazer as mudanças que Sergipe necessita. Fiquei muito feliz com o carinho dele para comigo”, afirma Fábio.

Estas constatações meio em tom superlativo vêm do fato de que até o dia 14 de março Edvaldo e Fábio disputavam internamente no grupo do governo a indicação para saber quem seria o pré-candidato do agrupamento a suceder Belivaldo Chagas.

Deu Fábio, óbvio, mas até hoje nunca ninguém no Governo esboçou uma única resposta que diga porque não deu Edvaldo - e depois daí houve muita falação de que o prefeito iria fazer corpo mole na campanha. Na manhã da segunda, 23, dia do lançamento, um radialista meio precipitado fazia até editorial no rádio com a informação de que Edvaldo viajara para não ir ao ato do Iate Clube, dando a conotação de escapismo.

Há tempos Fábio Mitidieri não confere prestígio a esse tipo de especulação. “A nossa disputa interna pela indicação de quem seria o candidato do grupo aconteceu de uma forma muito responsável e os problemas acabaram no dia 14 de março, quando se decidiu o nome. Depois dali, eu e Edvaldo viemos conversando, dialogando e construindo harmonias e possibilidades”, disse a Aparte o pré-candidato.

E nessa construção de “harmonias e possibilidades”, admite Fábio Mitidieri, é fato consumado que Edvaldo Nogueira e o PDT terão cadeira cativa na chapa majoritária liderada por ele. “Eu acho que Edvaldo está entusiasmado para apresentar o nosso candidato ou a nossa candidata a vice. Nesse sentido, tenho conversado muito com ele”, afirma Fábio.

“Ele me disse que inclusive não quis apresentar esse nome no evento de lançamento da pré-candidatura por achar que aquele momento era o de consolidar o meu nome, mas me garantiu que logo-logo o PDT, ele e seu grupo vão sugerir um nome para compor conosco a chapa e que possa ajudar e contribuir com a nossa jornada eleitoral. Eu, pessoalmente, tenho pedido a ele - e isso é coisa minha, sem invadir a seara das decisões dele - é que ele o PDT façam um esforço para preferencialmente apresentar o nome de uma mulher”, diz Fábio.

O pré-candidato da PSD quer “editorializar” a necessidade de a mulher assumir mais e mais o protagonismo político nessa hora. “Que preferencialmente apresentem o nome de uma mulher por respeitar a representatividade delas no contexto social sergipano. Sei que hoje as mulheres são a maioria da população e precisam ocupar espaços na política e na vida pública”, afirma Fábio.

“Fiz a Edvaldo apenas uma sugestão de que indicasse uma mulher, não uma exigência, partindo do princípio de que o nome é uma prerrogativa dele. Não estamos impondo um nome e nem queremos fazer do PDT uma barriga de aluguel. O nome para ocupar a vaga de vice na nossa chapa deve ser um que Edvaldo entenda que representa o PDT e que possa contribuir com a nossa chapa, com o nosso projeto e com uma eventual futura gestão nossa”, diz Fábio.

No contexto dessa possibilidade de gêneros, Fábio Mitidieri faz, no entanto, acenos positivos em direção ao nome da esposa do próprio Edvaldo Nogueira, a empresária Danusa Silva. “Danusa seria um grande nome”, garante ele.

“Danusa Silva é o que chamo de uma mulher que bem representa a configuração da mulher dos dias atuais: é mãe, é uma atleta com vocação multiesportiva, empresária, engenheira, ativa, jovem e que tem um excelente histórico familiar”, detalha.

“De modo que eu acho que ela seria um grande nome para compor a nossa chapa como candidata a vice-governadora. Mas é claro e óbvio que tudo depende do desejo dela em compor e do interesse do próprio Edvaldo e do PDT”, avisa o pré-candidato.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

JOSE EVANGELISTA DOS SANTOS FILHO
O Prefeito Edvaldo Nogueira será decisivo na eleição do próximo Governador.