Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Georgeo Passos sobre a CPI da Covid: “Zezinho foi um dos que mais trabalharam pela 8ª assinatura” 
Compartilhar

Georgeo Passos: “Se Zezinho Guimarães não quisesse, não teria assinado” 

Depois de um dia de muitas especulações em torno da instauração - ou não - da CPI da Covid Estadual, o deputado estadual Georgeo Passos, Cidadania, que ingressou com o pedido na Assembleia Legislativa de Sergipe - Alese -, afirmou que ainda não tem a informação oficial de que seu colega Zezinho Guimarães, MDB, protocolou requerimento pedindo a retirada da assinatura dele no processo. 

“Zezinho Guimarães estava buscando, ao meu lado, a última assinatura para a CPI. Juntamente conosco, conversou para sensibilizar o colega João Marcelo, então ele sabia que a CPI poderia ocorrer”, argumenta Georgeo Passos. 

De acordo com Georgeo Passos, em momento algum Zezinho haveria dito que não teria mais interesse na instalação da CPI. “Pelo contrário, ele sempre estimulou que continuássemos a conversa, para que conseguíssemos as oito assinaturas e fizéssemos o protocolo”, ressalta.

Porém, segundo Georgeo, se esse recuo de Zezinho de fato ocorrer, ele respeitará, mas não entendendo a procedência de sua justificativa para tanto.

“Porque a assinatura dele já estava no papel. Se ele não quisesse, não teria assinado. E depois de assinado, ele ainda, junto comigo, foi um dos que mais trabalharam para chegarmos à oitava assinatura”, reitera. 

A instauração da CPI da Covid no âmbito estadual dependia da assinatura de oito parlamentares, sendo que a última - de João Marcelo -, só foi anunciada na manhã desta quinta, 13, quando, logo em seguida Zezinho teria retirado a sua. 

Foto: Joel Luiz

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.