Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 40 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração / Tatianne Melo.

Júnior Trindade quer um PDT de Socorro forte e com papel central na sucessão de Padre Inaldo
Compartilhar

Júnior Trindade: com vontade de fazer um PDT forte

Ex-secretário municipal de Administração de maio de 2019 até julho de 2021 e desde entãoe até agorasecretário Municipal de Turismo e Juventudede Nossa Senhora do Socorro, José Trindade Cruz Júnior, oJúnior Trindade, 47 anos, assume nesta terça-feira, 5, a Presidência do Diretório Municipal do PDT de Socorro.

A posse deJúnior Trindade vai ser às 15h, em evento na Câmara Municipal de Socorro, com as presenças dos prefeitos Padre Inaldo, de Socorro, e de Edvaldo Nogueira, de Aracaju, e da comunidade política socorrense. E ele assume o mando com um projeto bem delineado: fazer do PDT um dos maiores partidos de Socorro e contribuir com precisão e acerto para fazer o sucessor de Padre Inaldo Luis da Silva.

“Essa nova Direção do PDT em Socorro terá como linha condutora o apoio ao projeto político eleitoral liderado pelo atual prefeito da cidade Padre Inaldo. Em Socorro temos uma administração pujante. Iremos dialogar com a população mostrando o que foi feito de 2017 para cá.Contribuiremos no projeto político eleitoral majoritário liderado por Padre Inaldo”, diz Júnior Trindade.

Júnior Trindade tem formação em História e em Gestão Pública e está estudando Gestao Ambiental. Veja a seguir entrevista concedida por ele à Coluna Aparte.

Inaldo: na visão de Júnior, faz gestão que garante sucessor

Aparte - Qual é o planejamento do senhor no comando da Executiva Municipal do PDTde Nossa Senhora do Socorro?

Júnior Trindade - O PDT e o agrupamento liderado por Padre Inaldo estão alinhados com o governador Fábio Mitidieri. Iremos ajudar no fortalecimento da unidade deste agrupamento ouvindo a todos.Ajudaremos na construção de um projeto de investimentos na cidade que reduza o déficit habitacional, que gere as condições para ampliação do empreendedorismo local, que faça a captação de novas indústrias.


Aparte - A sua presença na Executiva do PDT daí é garantia de que ele marchará unido com o Progressistas e o prefeito Inaldo em 2024?
JT -
Sim.Não abriremos mão deste posicionamento partidário.Essa nova Direção do PDT em Socorro terá como linha condutora o apoio ao projeto político eleitoral liderado pelo atual prefeito da cidade Padre Inaldo. Em Socorro temos uma administração pujante. Iremos dialogar com a população mostrando o que foi feito de 2017 para cá.Contribuiremos no projeto político eleitoral majoritário liderado por Padre Inaldo e construiremos uma chapa proporcional competitiva que nos possibilite eleger de três a quatro vereadores.O PDT e o prefeito Padre Inaldo fazem parte de um bloco político que no Estado de Sergipe é liderado pelo governador Fábio Mitidieri. O senador Laércio Oliveira e o Progressistas são parte importante deste mesmo bloco político.Em Nossa Senhora do Socorro Padre Inaldo lidera este bloco político ouvindo as lideranças estaduais e as lideranças da cidade. Portanto, minha presença na Presidência do PDT será mais uma engrenagem dentro deste bloco político. A atuação do PDT será de fortalecer o caminho já construído pelo prefeito de trabalhar pela unidade deste bloco, ouvindo a pluralidade de opiniões e chamando para o projeto de transformação e trabalho pela cidade de Socorro iniciado em 2017.


Aparte - Essa aliança terá que significado no campo das forças políticas daí para a sucessão?
JT -
Olha, por natureza temos o maior agrupamento político eleitoral em Nossa Senhora do Socorro. Somos quase 10 partidos, com 14 vereadores, dois ex-prefeitos a atual deputada estadual Carminha Paiva, que obteve mais de 15 mil votos aqui, sendo a deputada mais votada da cidade. Temos ainda no nosso agrupamento a ex-deputada Elma Paixão, o presidente da Câmara de Vereadores Betinho, diversas lideranças comunitárias e sociais, além de lideranças religiosas.Neste momento estamos agregando a este time o PDT, fortalecendo ainda mais este agrupamento político liderado por Padre Inaldo.

Aparte - O senhor quer fazer do ato de posse nesta terça um evento de que dimensão política?
JT -
Será um ato político de dimensões históricas para a nossa cidade. Contaremos com a presença dosprefeitos Padre Inaldo, de Socorro,eEdvaldo Nogueira, de Aracaju e presidente Estadual do PDT, da deputada estadual Carminha Paiva, e lotaremos de lideranças populares a Câmara Municipal de Socorro. Entretanto, o mais importante será o depois deste ato, porque tomaremos as ruas da cidade dialogando com a população a respeito da construção do nosso projeto político eleitoral de 2024.Construiremos um projeto político eleitoral sólido, com unidade política, capacidade de diálogo e principalmente com robustez eleitoral.


Aparte - O PDT pode anunciar alguma novidade de filiação neste ato?
JT -
Além de anunciar uma lista de novos filiados, estaremos apresentando um calendário de debates e uma campanha de filiação partidária.O PDT será um dos maiores partidos da cidade, seguindo orientação de Padre Inaldo. Ajudaremos na construção da chapa majoritária e teremos uma chapa proporcional forte. Já temos nas nossas fileiras o vereador Aldon e liderançasdos movimentos de juventude, de mulheres, de taxistas, lideranças de bairros.


Aparte - O senhor permanece secretário de Turismo do município?
JT -
Minha pretensão é continuar na gestão até dezembro de 2024, entretanto neste jogo quem faz a escalação do time é nosso técnico e estou aqui para ajudar o projeto liderado por Padre Inaldo.Sou funcionário concursado da Deso e estou cedido ao município de Socorro, portanto preciso seguir as regras administrativas de manutenção da minha cessão.Sinto-me realizado e sou grato pela função que exerço. Nela, consigo ajudar ao município construindo uma identidade histórica, cultural, religiosa e gastronômica, dando os primeiros passos para o fortalecimento de um novo setor econômico em Nossa Senhora do Socorro, gerando emprego e renda a população.


Aparte - Quais as chances de, unido, o grupo liderado pelo Inaldo Luís da Silva fazer o sucessor municipal de Socorro?
JT -
Não tenho nenhuma dúvida de que este agrupamento fará o sucessor do atual prefeito e elegerá maioria dos vereadores. É um agrupamento forte, com interlocução na cidade, que conhece bem Socorro e principalmente que tem a apresentar um trabalho prestado em todas as localidades.
Uma parcela da oposição não conhece de administração pública. Éneófita, nunca administrou absolutamente nada, sem experiência administrativa nenhuma além da arrogância política e da falta de compromisso com os mais pobres.

Edvaldo Nogueira: presença no ato de filiação hoje

Aparte - É fáciladministrar Socorro?
JT
- Não.Socorro é uma cidade complexa, com problemas complexos e para a continuidade da resolução destes problemas na moradia, nos investimentos em infraestrutura urbana, no fortalecimento do comércio local é preciso de uma pessoa com experiência administrativa, com sensibilidade política e capacidade de diálogo.E gente assim nós temos.

Aparte - Já há um nome do lado do agrupamento de Inaldo que desponta como pré-candidato?
JT -
O mais importante neste agrupamento não são os nomes agora. Estamos construindo um projeto político-administrativo de investimentos em parceria com o Governo do Estado e com o Governo Federal que está mudando a cidade de Socorro.Mas temos nomes muito fortes, como a deputada Carminha Paiva, que faz um mandato brilhante na Alese e orgulha os 15 mil votos dos socorrenses. Dos ex-prefeitos, temos Zé Franco e Tonho da Caixa. Temos o nome do presidente da Câmara Betinho e de alguns secretários municipais bem postados.Temos uma administração que fez muito por toda a cidade e no momento certo saberemos apresentar tudo o que fizemos e o que iremos construir para o futuro dos socorrenses.

Aparte - Mas em algum momento a deputada Carminha Paiva pensou em disputar a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro ou faz questão de levar em frente seu mandato na Alese?
JT -
É natural que todos que estejam na vida pública pensem em conduzir os destinos administrativos de sua cidade. Carminha foi secretária municipal de Assistência Social, é a deputada mais votada da cidade e tem uma sensibilidade política aguçada.Mas ainda é muito cedo para o anúncio dos nomes do nosso bloco. O prefeito Padre Inaldo tem responsabilidade com quase 200 mil socorrenses e tem administrado a cidade com a cabeça voltada para conseguir os investimentos necessários para a cidade. Tem conversado muito com o governador Fábio Mitidieri, com o senador Laércio Oliveira, com o ministro Marcio Macedo.

Aparte - De quanto tempo foi sua filiação no PCdoB e teve ação de mando na executiva dele?
JT -
O PDT é o segundo partido ao qual me filio. E me filio com o mesmo orgulho e sentimento de fazer política de forma coletiva da minha primeira filiação, que foi ao PcdoB, onde fiquei filiado por 25 anos.No PCdoB fui por bastante tempo da Executiva Estadual, como secretário de Finanças, secretário de Organização, além de ter sido presidente do PCdoB em Aracaju.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.