Aparte
Opinião - Ibope aponta que Aracaju quer Edvaldo de novo

[*] Edson Júnior

Nesta quinta-feira, 26, o telejornal SETV 2ª Edição, da TV Sergipe, divulgou a última pesquisa Ibope de intenção de votos neste segundo turno em Aracaju, e como nas anteriores, o prefeito Edvaldo Nogueira, PDT,  lidera com folga para a vencer a disputa. 

Faltando apenas 3 dias para que o eleitor vá às urnas, o levantamento aponta que Edvaldo tem uma vantagem de 21% para vencer a delegada Danielle Garcia, Cidadania. Vamos aos números:

Edvaldo Nogueira - 53% 

Danielle Garcia - 32% 

Brancos/Nulos - 13%

Não sabe/Não respondeu - 3% 

Por esses percentuais, mesmo que a delegada conseguisse atrair a totalidade dos 16% de indecisos, ainda assim não conseguiria superar os 21% de vantagem que Edvaldo Nogueira tem sobre ela. 

Considerados apenas os votos válidos, quando são excluídos os brancos e nulos, Edvaldo atinge 62% contra 38% de Danielle Garcia, uma vantagem de 24%

Desde as primeiras pesquisas, Edvaldo jamais sofreu revezes na liderança, sempre se manteve à frente de todas as candidaturas e com folgada margem. Pesquisas do Ibope podem ser questionadas? Claro que sim!

No primeiro turno, todas sofreram críticas, mas, ao final, o resultado mostrou que elas estavam corretas e Edvaldo venceu todos os seus adversários com larga vantagem. Os números estão no site do TSE para quem quiser comprovar.

No levantamento de hoje, como um repeteco do primeiro turno, novamente Edvaldo lidera com quilométrica folga. Seria absurdo prognosticar a vitória dele no próximo domingo? Creio que não.

Evidente que a pesquisa provocará a costumeira gritaria de insatisfação na torcida adversária a Edvaldo, mas, com serenidade, os críticos perceberão que os números expressam o que se vê nas ruas. Vox populi, vox dei (a voz do povo é a voz de Deus), diz a inconteste máxima latina.

O leitor que acompanha o Portal JLPolítica sabe que frequentemente escrevo artigos analisando fatos da política local ou nacional. Às vezes desagrado e sou fustigado, mas não perco o sono. Respeito o contraditório e o direito que todos têm de se manifestar.

Não escrevo para agradar, muito menos para contrariar, escrevo a partir do que observo e consultas que faço a analistas da cena política. 

Nos vários artigos aqui publicados, não me debrucei apenas em números de pesquisas, é o que quero enfatizar.

Analisei o movimento nas ruas, receptividade dos candidatos nos bairros, mensagem e capital político deles, densidade eleitoral dos partidos, repercussão da sociedade sobre obras realizadas na atual gestão e a novidade nestas eleições: a delegada Katarina Feitoza, candidata à vice-prefeita de Edvaldo Nogueira.

Vi que Katarina Feitoza não faz o tipo personagem, ela é autêntica. Por isso ganhou o carisma e confiança da sociedade. 

Impressionou seu magnetismo e mensagem de paz em cada abraço fraterno e olhar de cuidado que dirigia aos cidadãos. Katarina fortaleceu o time, agregou força e qualidade na chapa.

Esse conjunto de percepções e variáveis ajudou a galvanizar Edvaldo Nogueira como um prefeito que a sociedade aprova e confia para continuar o trabalho. É minha opinião.

Com 24% de votos válidos de vantagem sobre sua adversária e faltando apenas 3 dias para o final do segundo turno, Edvaldo Nogueira poderá fazer história se for eleito domingo para comandar Aracaju pela terceira vez. 

E pelo Ibope de desta quinta-feira, 26, sim, deve dar Edvaldo nos braços do povo. 

[*] É jornalista.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.