Aparte
José Wilson, da ABIH-SE: “Nós precisamos oferecer e defender uma política de hospitalidade”

Posse da ABIH-SE: plenário da Alese ficou lotado

A nova Diretoria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe - ABIH-SE - foi empossada na noite de segunda-feira, 4, em cerimônia de posse que aconteceu na Assembleia Legislativa de Sergipe – Alese. O professor José Wilson, mantenedor do Hotel Vidam, foi empossado como presidente para o biênio 2023-2024, juntamente com a Mesa Diretora composta pela vice-presidente Raira Freitas, do Hotel Resort Makai; a segunda vice-presidente Raquel Queiroz, do Recanto da Orla; a diretora administrativa, Kátia Sandra Pimentel, do Xingó Parque Hotel; o vice-diretor Administrativo João Menezes, do Hotel Arcus; o diretor-Financeiro João Paulo de Andrade, do Hotel Del Mar, e o vice-diretor Financeiro Alexandro de Oliva, do Hotel Aquários..

Em discurso, José Wilson disse que precisa do apoio e da união de todos e falou sobre as expectativas do segmento para o São João, sobre o plano de gestão da nova Diretoria e sobre a captação de novos associados para o fortalecimento do trade turístico.

“Não faremos um bom trabalho se pensarmos somente em nossos hotéis, se pensarmos apenas em defender o destino Sergipe. Nós precisamos fazer algo a mais. Eu quero me colocar à disposição de todos os senhores para através do diálogo e das definições de estratégias, pensarmos além dos nossos hotéis”, disse Wilson.

“Nós não teremos sucesso se não dialogarmos com o trade. Nenhum turista vai se sentir bem aqui em Aracaju, tendo somente um quarto de hotel. Nós precisamos oferecer experiências para as pessoas que vêm até aqui. Nós precisamos oferecer e defender uma política de hospitalidade. Nós precisamos ter uma política para receber os turistas no aeroporto, na rodoviária, nas entradas das cidades, com sorriso no rosto e demonstrando o que Sergipe tem a oferecer”, reforçou o presidente.

José Wilson também defendeu que a cultura, as artes e os eventos são grandes potenciadores do turismo, como também defendeu a necessidade de investimento em equipes qualificadas para o atendimento e acolhimento dos turistas e o investimento em tecnologia. “O mundo é virtual, então Sergipe tem que chegar para o mundo pelas vias da internet, pelos recursos que a internet nos oferece”, pontuou José Wilson.

O ex-presidente da entidade, Antônio Carlos Franco Sobrinho, fez um apanhado das ações desenvolvidas durante os quatro anos em que esteve à frente da associação e agradeceu o apoio do poder público e das entidades que auxiliaram na divulgação do destino Sergipe.

“O principal objetivo da minha gestão, além da defesa dos interesses da hotelaria foi sem sombra de dúvidas a promoção e divulgação do nosso destino e o fortalecimento do turismo”, disse ACF Sobrinho.

“Durante esse período divulgamos o nosso estado em dezenas de cidades do país, colocando Sergipe e a nossa capital Aracaju nas prateleiras do mercado nacional. Nós hoteleiros temos o entendimento de que essas ações são capazes de aumentar as taxas de ocupação, além de movimentar toda a cadeia econômica do setor, gerando emprego e renda para toda a sociedade”, complementou ACF Sobrinho.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, disse que o Brasil está descobrindo, de forma gradativa, o destino Aracaju, e destacou os investimentos em ações realizadas em parceria com a ABIH-SE, a quem destinou mais de R$ 1 milhão para o fomento do destino turístico.

“Diferentemente de todas as épocas anteriores, não foi a Prefeitura que administrou os recursos. Eu disse que investiríamos na ABIH, porque quem sabe vender a cidade é a ABIH. Quem entende de turismo é a ABIH. A prefeitura tem seus técnicos para acompanhar, mas quem tem o público e sabe como buscar os turistas são vocês que estão aqui hoje, que entendem e que vivem do negócio”, disse o prefeito.

Para o governador Belivaldo Chagas, o Estado tem contribuído para o turismo com investimentos na infraestrutura, a exemplo da revitalização de rodovias e a obra de um novo cartão postal da capital sergipana, a Orla Sul, que está em fase de conclusão.

“Nunca deixei de levar em consideração a importância do turismo. Nós estamos mais preocupados com a questão relacionada com a infraestrutura. Estamos preparando o Estado para isso, é só ver a Orla Sul, além de outras ações em infraestrutura, como o Centro de Convenções”, destacou Belivaldo.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.