Aparte
Sheyla Galba afirma que aracajuanos confiam na capacidade de ela representá-los

Sheyla Galba, à direita: traz consigo a bandeira da oncologia sergipana

Reconhecimento. Esse é o sentimento que os aracajuanos vem transmitindo para a professora Sheyla Galba em cada ato de sua campanha para vereadora da capital, fazendo o sinal do número dela, o 23.200.

No dia a dia da campanha, Sheyla Galba colhe gestos e palavras que lhe estimulam a seguir caminhando em busca da vitória no dia 15 de novembro e a se tornar uma voz ativa na Câmara Municipal em defesa de um tratamento oncológico digno na rede pública de saúde para os sergipanos. Sobretudo para as mulheres, uma vez que ela atua fortemente numa entidade de combate ao câncer nelas.

“É incrível como nas carreatas e nas panfletagens as pessoas escutam o meu nome e lembram da luta em prol dos pacientes com câncer, enfrentando o governo do Estado, denunciando os problemas na imprensa. Elas confiam na minha capacidade de representá-las bem na Câmara”, ressalta Sheyla Galba.

Com uma história de superação, Sheyla traz consigo a bandeira da oncologia sergipana, que ela conhece de perto, pois teve câncer de mama e enfrentou as dificuldades de depender do SUS para realizar o tratamento.

Por isso, entre as propostas apresentadas pela candidata está a criação do Fundo Municipal pela Prevenção, Tratamento e Cuidados Paliativos Contra o Câncer. 

“Atualmente tudo o que é relacionado a tratamento oncológico no SUS em Sergipe é de responsabilidade do Governo do Estado. Como a maior parte dos casos previstos são para a capital, é importante que a Prefeitura de Aracaju também assuma essa responsabilidade e contribua com a ampliação dos serviços ofertados aos pacientes com câncer”, destaca a candidata.

Apesar de há anos defender uma causa, Sheyla Galba é enfática ao afirmar que, enquanto vereadora, vai estar atenta às outras demandas da população de Aracaju.

“Seja na saúde, na educação, na infraestrutura, na mobilidade urbana. Enfim, cumpriremos nosso papel de fiscalizar a gestão municipal, cobrar solução para os problemas e criar projetos de lei que beneficiem os aracajuanos”, assegura.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.