Aparte
Deputado João Marcelo quer frente parlamentar voltada às demandas das pessoas com deficiência

João Marcelo: olhar sensível a uma causa que merece

Desde que assumiu mandato na Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado estadual João Marcelo definiu como uma de suas prioridades as demandas relacionadas às pessoas com deficiência.

Nesta terça-feira, 21, em discurso no Legislativo, esse parlamentar reforçou esse compromisso ao propor a criação de uma Frente Parlamentar para cuidar das pautas deste público.

João Marcelo destacou que o tema foi discutido em reunião com o presidente da Alese, o deputado Luciano Bispo, MDB, e o presidente do Conselho de Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades de Sergipe – ConSer -, Luiz dos Santos, na segunda-feira, 20.

“E hoje, 21 de setembro, Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, estamos abordando a criação desta frente aqui na Tribuna”, ressaltou João Marcelo. O deputado João Marcelo lembrou, ainda, da necessidade da Casa Legislativa discutir cada vez mais os interesses das pessoas com deficiência.

“E que mais projetos de Lei sejam trazidos. Inclusive, na reunião, solicitamos ao presidente da Alese que as matérias já apresentadas que tratam do tema sejam colocados como prioridade de votação. É importante trazer o debate destas demandas, falando para as pessoas com deficiência. Desta forma, poderemos ter cada vez mais inclusão”, disse o deputado.

Durante a reunião que ocorreu na segunda, 20, o presidente do ConSer, Antonio Luiz dos Santos, reconheceu o apoio de João Marcelo.

“A criação dessa frente parlamentar na Alese é muito importante porque tudo no Estado nasce a partir da legislação e as pessoas com deficiência entendem que a conversa sobre elas precisa ter gente com deficiência envolvida. Por isso, o deputado João Marcelo teve essa sensibilidade e hoje viemos apresentar uma agenda positiva em prol das pessoas com deficiência. A expectativa é ampliar a legislação estadual em torno dos benefícios”, afirmou Antonio.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.