Aparte
Creci-SE intensifica a reivindicação pela vacinação dos corretores. Vai ao Ministério da Saúde

Sérgio Sobral: indo até o Ministério da Saúde

“Se um corretor de imóveis for salvo, já valeu a pena”. Esse é o mote da campanha. Na manhã desta terça-feira, 22, o presidente licenciado do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe - Creci-SE - e diretor do Cofeci, Sérgio Sobral, acompanhado do deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) foi recebido em audiência pela secretária de Estado da saúde, Mércia Feitosa.

Objetivo: tratar dos ofícios encaminhados pelo Creci, que solicitam a inclusão, de forma imediata, dos corretores de imóveis nas etapas prioritárias da vacinação contra a Covid-19.

Em seu primeiro ofício, o Creci-SE, solicitou no dia 22 de abril que o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, levasse em consideração o elevado número de óbitos de corretores por contaminação pela Covid-19, não apenas em Sergipe, mas em todo o Brasil e que os incluísse como prioritários para a vacina.

Somando-se aos esforços do Creci-SE, o deputado estadual Luciano Pimentel, que também é corretor de imóveis, deu entrada na Assembleia Legislativa de Sergipe com a indicação 216/2021. 

A proposta, aprovada por unanimidade, também solicitava ao Governo do Estado a inclusão dos corretores de imóveis na lista de grupos prioritários para vacinação contra Covid-19.

A ausência de uma resposta, por parte do Governo do Estado, fez com que o Creci-SE, em um segundo ofício, reiterasse o pedido anterior e, através do deputado Luciano Pimentel, que, fossem recebidos em audiência.

Isso acabou acontecendo na manhã da última segunda-feira, 21, tendo a secretária Mércia Feitosa como representante do Governo.

“A orientação é que essa reivindicação seja feita ao Ministério da Saúde. Atendendo a esse pleito, o Ministério atenderia não apenas a Sergipe, mas aos corretores de todo o país”, informou a secretária, que percebe a categoria dos corretores como atividade essencial no segmento da construção civil. 

“Nós vamos continuar lutando pela nossa categoria, entendendo que se um corretor de imóveis for salvo, já valeu a pena”, informou Sérgio Sobral.

“A secretária se comprometeu em fazer uma consulta ao Ministério da Saúde ao mesmo tempo em que, juntamente com o presidente João Teodoro, vamos reforçar esse pleito, através do Cofeci, também ao Ministério da Saúde, contando ainda com a participação do deputado federal Laércio Oliveira, para agilizar o processo”, informa Sérgio Sobral.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.