Aparte
Mova-SE vai à Justiça contra decisão de Almeida

Delegado Alessandro Vieira é colaborador do Movimento

O secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, PMDB, anunciou que o órgão não mais funcionará no Edifício Serigy, no Centro da cidade. Segundo ele, a Secretaria funcionará no antigo prédio do Mistão. A mudança, segundo Almeida, foi motivada por questões financeiras, já que, na opinião dele, o valor de R$ 40 mil pagos aos Serigy, era muito alto. Ocorre que o aluguel do Mistão é quase quatro vezes maior: R$ 150 mil. Por causa disso, o Movimento Atitude Sergipe acionou a Justiça.

“Somos contra, porque não foram respeitadas as determinações legais que regem a contratação e locação de prédios por órgãos públicos”, explica o delegado Alessandro Vieira, que é coordenador do Movimento. Para piorar, o imóvel alugado pertence a um parente próximo do secretário-adjunto de Saúde. “Há alusão à família também. Mas o que temos claro, materializado e provado, é que a contratação não respeitou aquilo que a legislação indica”, ressalta.