Aparte
Clovis Silveira: Jackson Barreto só fica no MDB se for para disputar Câmara Federal. Senado, não!

Clóvis Silveira: não tem espaço para Jackson disputar o Senado pelo MDB

Clovis Silveira garantiu nesta quarta-feira, 20, que o comando do Diretório da Estadual de Sergipe do MDB deverá ficar mesmo com ele e não com o ex-governador Jackson Barreto, que planeja por esta sigla disputar o mandato de senador nas eleições deste ano.

Segundo Clovis Silveira, nesta queda de braços de mando do MDB só tem duas possibilidades para Jackson Barreto. “Ele fica e, se quiser, pode ser candidato a deputado federal, o que ele já disse que não quer. A senador, que é sua pretensão, mas Rogério Carvalho já disse que não quer”, afirma. Para Clovis, a única chance de JB ser candidato a senador é só se ele ficar com o comando final do partido.

Se o MDB ficar com Clóvis será com ele apadrinhado nacionalmente pelo senador Rogério Carvalho, PT. E, nesta circunstância, adverte Clóvis, a situação não é mesmo boa para o ex-governador Jackson Barreto e seu projeto majoritário.
A intervenção no mando do MDB de Sergipe é definida pela Executiva Nacional deste partido. Por um lado, Clóvis diz que a Presidência nacional lhe indicou como um responsável por novas filiações em Sergipe, e que isso não equivale a uma interventoria local.

Por outro, Jackson tem dito que a Executiva Nacional lhe dá prerrogativas para seguir em frente com as ações do partido no Estado. É inclusive ele quem fala pelo MDB na propaganda eleitoral obrigatória da TV que tem ido ao ar desde a semana passada.

Clovis admite, no entanto, que no mais tardar na semana que vem o impasse de mando do MDB local estará resolvido. “No centro desta intervenção, eles da Nacional estão tentando convencer Jackson a ser candidato a deputado federal, e eu acho que não vão conseguir”, diz.

“De modo que entendo que na próxima semana o imbróglio estará desmanchado. Eu tenho conversado diretamente com o líder nacional do MDB no Congresso e coordenador do partido no Nordeste, Isnaldo Bulhões. Bem lá atrás ficou definido que as negociações ficariam com Isnaldo e não com o presidente nacional, Baleia Rossi”, afirma Clovis.

Assim como Clóvis Silveira, Jackson Barreto foi procurado na última terça-feira, 19, pela Coluna Aparte para tratar deste assunto. JB atendeu, pediu para falar do tema uns instantes mais à frente naquele dia, mas depois se omitiu de atender ao chamados da Coluna.

OBS: Matéria editada nesta sexta-feira, 22, às 6h54min.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.