Politica & Mulher
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

Simone Andrade, prefeita reeleita: "Estou feliz por fazer parte dessa composição feminina"
Compartilhar

Simone: “Foi uma vitória linda, abençoada, que é um reconhecimento ao nosso trabalho”

Reeleita com mais de 74% dos votos em Riachão do Dantas, Simone Andrade promete um novo mandato de mais trabalho, muitas ações para mudar a realidade local e ainda mais consciência da importância do espaço que ocupa.

"Esse novo cenário, com mais prefeitas eleitas em Sergipe, é muito importante. Temos mesmo que ocupar esses espaços, com um olhar diferenciado. Estou feliz por fazer parte dessa composição feminina", ressalta Simone.

Ela diz que é motivo de orgulho o Estado de Sergipe ser, proporcionalmente, um dos que a participação feminina mais cresceu. "Isso quebra preconceitos, paradigmas", pontua.

Vale lembrar que Simone teve uma votação bastante expresisva, o que torna a vitória ainda mais simbólica. "Estou sem palavras. Trabalharei os quatro anos para honrar cada voto", garante.

Simone obteve 9.748 votos, o que equivale a 74,58% dos votos válidos, contra 3.323 de seu oponente, Dr Ubiratan. Foi o maior número de votos entre as 14 prefeitas eleitas em Sergipe e um resultado mais expressivo do que muitos prefeitos – homens – também.

“Foi uma vitória linda, abençoada, que é um reconhecimento ao nosso trabalho. Nós mostramos uma gestão diferenciada, ética, com ações que melhoraram a qualidade de vida da população em todas as áreas – saúde, educação, agricultura – e isso é muito gratificante”, diz Simone.

Ela admite que, durante a campanha, sentia o calor humano, a gratidão dos moradores, mas que não esperava uma votação tão expressiva. “A população sinalizava, mas, mesmo assim, foi uma surpresa. Estou realmente muito feliz e trabalharei ainda mais nos próximos quatro anos para honrar cada voto”, garante a prefeita reeleita.

A vitória tão significativa aponta que a população de Riachão do Dantas queria se livra de vez do estigma de ter gestores afastados de seus mandatos, por denúncias de corrupção, e deixando a cidade abandonada, projetos administrativos e políticos. “A prova é que esse foi um dos pleitos mais tranquilos que tivemos, sem aquele poderio de arma e financeiro. Foi a vitória da transparência e da democracia”, assegura.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.