Politica & Negócios
Prefeitura de Lagarto e DER discutem duplicação do trecho da rodovia Antônio Martins

Hilda Ribeiro: amenizar ainda mais o intenso tráfego de veículos e pedestres em todo o perímetro

A prefeita de Lagarto Hilda Ribeiro se reuniu nesta quinta-feira, 1, com representante do Departamento de Infraestrutura de Sergipe - DER -,  diretor Felipe Rodrigues, no sede da prefeitura, em Lagarto. 

O encontro, que contou com a participação dos secretários municipais de Planejamento, Adriel Alcântara; de Obras, Igor Almeida; e do engenheiro da Seplan Bismarck Santos, teve por objetivo apresentar e discutir os principais detalhes das obras de duplicação em um trecho de 2,02km da rodovia Antônio Martins de Menezes, precisamente do fórum até o trevo de acesso a cidade de Riachão.

O início dos serviços foram autorizadas no último dia 11 de junho pelo Governo do Estado, cujos recursos de R$ 8.186.927,39 são provenientes do Tesouro Estadual.

“Agradecemos ao governador por essa obra, que é muito bem vinda e providencial para nossa cidade, pois aliada a Nova Entrada da cidade, entregue por nós recentemente, vai amenizar ainda mais o intenso tráfego de veículos e pedestres em todo o perímetro. Nossos engenheiros estarão avaliando a obra para podermos dar as devidas autorizações, e, em caso de necessidade, aplicar da melhor forma a modificação provisória na circulação de veículos neste trecho, durante o período das obras”, comenta Hilda Ribeito.

De acordo com o DER os serviços terão início nos próximos 15 dias, com a montagem de canteiro de obra, mobilização e topografia.

A pista compreende 18 metros de largura, sendo 6 metros da pista de rolamento (duas pistas de 3 metros cada), passeio com 1,50 metro de cada lado, ciclovia no canteiro central com largura de 3 metros, 2 referentes ao acostamento, com 1 metro cada. E será utilizado o total de 5.015 toneladas Concreto Asfáltico Usinado a Quente – CAUQ.

A intervenção será contratada e fiscalizada pelo DER. A empresa responsável pela obra será a Torre Empreendimentos Rural e Construções LTDA.

Fonte e foto: PML